Teu corpo, teu limite

Quantos gozam o gozo de gozar
Sem que gozem o gozo, e o dividem
Entre eles e o que os outros
Veem que gozam eles.
……………………………………………………………
Aprende o que te ensina
Teu corpo, teu limite.
F. Pessoa
Assim mesmo, descontextualizado. E o “gozar” não é textualmente sexual, como tanto se espera nestas páginas. Mas o verso é lindo, sonoro e tudo mais. Nem que seja para justificar a imagem. Afinal, eu trato mesmo é de imagens, letras e desejos.
https://conceitoeideias.wordpress.com/
(Foto de Milão Borovicka, do blog de uma amiga).
Anúncios
Esta entrada foi publicada em 20 de junho de 2012 às 20:31 e está arquivada sob Uncategorized. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: